Idioma do Chile

A língua é o espanhol. Os habitantes falam pouco, com expressões particulares e formas únicas.

jueves, 15 de julio de 2010  
Gente (Photo:ProChile)

Embora o idioma oficial do Chile seja o espanhol, muitos estrangeiros costumam declarar, surpreendidos, que neste país se fala chileno, porque a expressão oral é muito diferente à da Espanha e dos outros países da América Latina.

O espanhol do Chile também é denominado castelhano pela influência dos primeiros europeus que vieram de Castilha. Incorporaram-lhe vocábulos nativos e uma variedade de expressões que dão forma a uma fala própria.

As línguas indígenas nativas, especialmente o mapudungún e o aimara, legaram palavras, expressões e um pouco de seu modo de falar. Com toda razão o visitante estrangeiro percebe que o espanhol soa e se pronuncia diferente.

É costume usar palavras do mapudungún, como “huata” (guata); ou do quéchua como “wáwa”, (guagua) que significam ventre e bebê respectivamente.

De todas as formas, esta mistura de vocábulos e expressões, presente especialmente em nomes de cidades e povoados, não modificaram a escrita nem a gramática do espanhol.

No Chile também se fala mapudungún, o idioma dos indígenas mapuche; aimara, na região andina do norte do país, e rapa nui, na Ilha de Páscoa. Os grupos étnicos no Chile representam 4,6% da população total. Desta porcentagem, 87,3% correspondem aos mapuche, 7% aos aimarás e 0,7% aos pascuences.

img_banner