Dados Úteis

Saúde e segurança no Chile

 Na América Latina, o país se destaca pela qualidade do seu sistema de saúde e pelas clínicas modernas. O Chile também é um dos países mais seguros do continente.

viernes, 23 de julio de 2010  
Salud y Seguridad Salud y Seguridad

Os hospitais privados nas cidades do Chile são de alto nível e alguns estão acreditados internacionalmente. O sistema de saúde pública que o país oferece está entre os melhores da América Latina.

Existem serviços de urgência que também atendem a estrangeiros. Mesmo assim, é recomendável viajar com um seguro de saúde adicional e verificar atentamente sua cobertura. Os serviços médicos privados no Chile são de um valor mais elevado do que os que a rede pública de saúde oferece.

O Chile é um país sem doenças como a malária, febre amarela ou cólera.
Na atualidade, não se exigem vacinas nem exames médicos para entrar no Chile.

Também não é necessário que os turistas se vacinem ou tomem medidas especiais para visitar o país. No Chile não há animais perigosos que ataquem o ser humano. Os únicos insetos que poderiam supor riscos são as vinchucas (barbeiros) no norte do país, e as arañas de rincón (aranhas marrom), que moram dentro de casas antigas e com pouca higiene. Contudo, é importante destacar que são raros os casos de pessoas são picadas por estes insetos.

A água no Chile é potável e de boa qualidade na maior parte das cidades. Para os que sejam mais suscetíveis às mudanças, é recomendável tomar água engarrafada, principalmente em áreas mais afastadas de cidades.  É aconselhável não comer produtos do mar crus e frutas sem lavar, além de estar atentos à comida comercializada diretamente na rua.

É importante utilizar proteção solar, a radiação pode ser bastante alta em algumas zonas do Chile.

Segurança


Com respeito à criminalidade, o Chile é um dos países mais seguros da América Latina. Mesmo assim, há que estar atentos em algumas zonas periféricas das cidades e evitar os passeios noturnos em lugares solitários. Uma boa alternativa é fotocopiar o passaporte e deixar o documento original na caixa forte do hotel. Também é recomendável não trocar dinheiro na rua.

Antes de viajar é aconselhável adquirir um seguro contra perda de bagagem e problemas legais. A polícia, que no Chile tem o nome de Carabineros, tem um bom prestígio e é respeitada pelos chilenos. É muito importante mencionar que o suborno (chamado de coima no Chile), não é uma prática habitual, por isso recomenda-se não fazer insinuações desta classe ao pessoal de carabineros. Isso poderia trazer graves repercussões.

Em caso de emergências deve ligar a carabineros ao telefone 133. Para bombeiros é 132 e para a ambulância deve marcar 131. O número de informações gerais é 103.