Por que o Chile?

O Chile oferece uma experiência de vida única. Além da modernidade e da tradição, ao alcance dos seus habitantes, há um leque de panoramas. Devido à sua particular geografia, você pode estar em poucas horas na montanha e no mar, em frente a um vulcão, a um gêiser ou a um glacial.

Cidades como Santiago, Valparaíso e Concepción oferecem também boemia, gastronomia e uma intensa vida cultural.

martes, 27 de julio de 2010  
Vivir en Chile

Descobrir o novo mundo, construir o próprio e começar de novo. As possibilidades são infinitas. O Chile é assim.

Viver no Chile significa compartilhar uma tradição e uma cultura construídas a partir das suas origens com a colaboração de cidadãos imigrantes. Desde a chegada dos espanhóis no século XVI, o país tem recebido imigrantes de outras latitudes, demonstrando que sempre primou pela tolerância e pela integração

As marcas de croatas, alemães, coreanos, palestinos, italianos, chineses, peruanos, libaneses, argentinos, franceses, norte-americanos, venezuelanos e muitos outros, sempre se manifestaram com diversas intensidades. Segundo estudos internacionais, o Chile é o país onde mais tem aumentado a chegada de estrangeiros que vêm para se estabelecer no país.

A modernidade e a tradição se cruzam e convivem em um país que apresenta altos níveis de conectividade e se comunica tecnologicamente com o resto do mundo; que cuida sua estabilidade política e econômica, ao mesmo tempo em que apresenta destacados índices de educação, pesquisa, inovação e empreendimento.

O país oferece todas as condições para que as pessoas se estabeleçam com tranquilidade; um sistema democrático que respeita e faz respeitar os direitos das pessoas sem importar sua condição, além de modernas redes de serviços de segurança, saúde, educação, transporte, turismo e negócios.

As possibilidades de recreação são múltiplas, com diversas atrações geográficas e de turismo, e variados panoramas culturais. O que não falta é diversão e opções de consumo em movimentados centros comerciais. Pela singular geografia, o viajante pode se deslocar em questão de duas horas entre a montanha e o mar, ou de uma salina a um glacial. Pode-se praticar montanhismo, trekking, pescaria, cavalgadas, surf, conhecer reservas mundiais da biosfera e vestígios de povos que habitaram o território há milhares de anos.

Ainda que tenha uma condição geográfica insular, o Chile está conectado com o mundo inteiro. Possui a maior taxa de telefones celulares da América Latina e um dos maiores níveis de penetração de Internet na região. Mais da metade da população é usuária e praticamente todos os visitantes estrangeiros utilizam estas tecnologias.

Tanto hoje como antigamente, sobram razões e motivos para que os estrangeiros continuem tendo o Chile como destino. Esta preferência se reflete em diversos rankings internacionais que qualificam o Chile como um dos melhores países da América Latina para viver. Segundo a lista elaborada pela The Economist Intelligence Unit, que analisa 140 urbes, Santiago é a segunda melhor cidade para viver na América Latina.

Destacado na Página Principal

img_banner