Viagem às estrelas

Observatórios no Chile

Os experts olham para o cosmos desde o Chile. E os inexperientes também, porque o turismo astronômico é cada dia mais atraente.

jueves, 29 de julio de 2010  
Cometa Mc Naught Alma Cometa Mc Naught (Photo:Alma)

Observar o cosmos nos céus do Chile não é privilégio de astrônomos internacionais e de cientistas que estão se formando. Além das modernas instalações, existe um atrativo circuito de observatórios que recebe visitantes, turistas e curiosos que gostam de olhar os astros.

Observatório Paranal

Localizado na Segunda Região de Antofagasta, a 2.635 metros de altitude. É manejado pela European Southern Observatory (ESO) e possui o Very Large Telescope, VLT, (literalmente, Telescópio Muito Grande), um sistema de quatro telescópios ópticos separados, de grande tamanho, e quatro telescópios auxiliares.

Há guias em espanhol e inglês para um tour de três horas aproximadamente.
Contato: (55) 281291 ou sstrunk@eso.org

Observatório La Silla
Equipado com 14 telescópios ópticos de espelhos, com diâmetros de até 3,6 metros. La Silla é um dos maiores e mais modernos centros de observação astronômica a nível internacional.
Contato: (2) 4633100 ou recepstg@eso.org.
As visitas devem ser coordenadas com um mês de antecipação.

Cerro Tololo
É um observatório de alto nível científico, localizado a 87 quilômetros a leste de La Serena e a 2.200 metros de altitude. Tololo dispõe de oito telescópios e um radiotelescópio. Há guias em espanhol e inglês para um tour de duas horas aproximadamente.
Contato: (51) 205200 ou ctiorecp@noao.edu
As visitas devem ser coordenadas com um mês de antecipação.

Observatório Turístico Cerro Mamalluca
O primeiro tour começa às 18:30 e o último às 3:15 da madrugada.
Em Mamalluca há visitas de níveis básicos e avançados, além de exposições sobre a cosmovisão dos incas.
Contato: (51) 411352 ou observatorio@mamalluca.org

Observatório Cruz del Sur
Este é um dos maiores centros de astro turismo da América do Sul e se localiza em Combarbalá, na região de Coquimbo. O projeto foi impulsionado pelo município de Combarbalá e o Planetário da Universidade de Santiago de Chile. Possui cúpulas e domos de observação com telescópios de 16 polegadas e salas de exposições. O escritório e a venda de entradas estão na Ilustre Municipalidad de Combarbalá, Plaza de Armas Nº166 Telefone: (56 - 53) 741033 (56 - 53) 741007. Para maiores informações visite o site do observatório.

Observatório do Pangue
A 18 quilômetros de Vicuña, este observatório oferece programas para o público em geral e para amadores que desejem realizar suas próprias observações nos telescópios e sem restrições de tempo.
Contato: (51) 543810

Observatório Turístico Collowara
Collowara dispõe de poderosos telescópios Schmidt Cassegrain de 14 polegadas, uma sala de projeções e conferências com capacidade para 54 pessoas, e três terraços de observação direta em forma de cruz dispostas para o leste.
Contato: (51) 432964 ou contacto@collowara.cl

Observatório Cerro Mayu
Mayu possui um telescópio Schmidt Cassegrain Meade LX200 de 14 polegadas e recebe os visitantes de segunda-feira a sábado entre as 20:30 h e as 22:30 h.
Contato: (51) 224508 - 212024 ou informaciones@cerromayu.cl

Observatório Cancana
Na localidade de Cochiguaz, a 1.500 metros de altitude, este observatório recebeu um investimento de US$ 60 mil.
Contato: (569) 90473859 ou refugiocochiguaz@gmail