Um cenário mundial

Em fevereiro de 2010 em Valdivia será realizada a Conferência Internacional de Glaciologia que tratará sobre o gelo e a mudança climática.

martes, 03 de agosto de 2010  
Glaciar San Rafael Glaciar San Rafael (Photo:Turismo Chile)

O aquecimento global é considerado tão relevante pelas autoridades e cientistas do Chile, que a cidade de Valdivia será a sede da Conferência Nacional de Glaciologia “Gelo e mudança climática: uma visão desde o sul”, entre os dias 1 e 3 de fevereiro de 2010.

Segundo o Centro de Estudos Científicos (Cesc), organizador do encontro, seu objetivo é “apresentar novos resultados e discutir sobre a atual mudança no clima e na criosfera em curso no hemisfério, seus efeitos e consequências para a sociedade e para o meio ambiente”. De todas as formas também se espera gerar um debate interdisciplinar com especialistas de variadas áreas das ciências da terra e sociais sobre a mudança climática.

Patrocinado pela International Association of Cryospheric Sciences (IACS) e o Climate and Cryosphere (CliC) Project, a programação inclui também desde a análise do clima do hemisfério até o impacto social e econômico que este fenômeno tem gerado.

Estudo e exploração

O Cecs é uma corporação criada em 1984 que, entre suas prioridades está o estudo dos gelos dos Andes do Chile central até a Antártida, incluindo os extensos campos de gelo patagônico.

Seus profissionais integram expedições para diferentes partes do país, a fim de obter informação sobre o estado atual e a evolução dos glaciais. Na Antártida destacam-se as pesquisas em terreno ao lago Ellsworth, à exploração aérea do mar de Amundsen e à sondagem do nexo entre vulcões e glaciais da Región de los Lagos, complementadas com a análise de imagens de satélites.

Junto com isto, espera-se para o final de 2009 uma sondagem que determinará as necessidades de equipamento humano e técnico para continuar com o estudo e o registro de glaciais.