Segundo a pesquisa da The Economist (2009)

Santiago é a segunda melhor cidade para se viver na América Latina

O ranking elaborado pela Unidade de Inteligência da revista situou a capital do Chile no 64° lugar entre 140 urbes.

miércoles, 04 de agosto de 2010  
 

A capital do Chile, Santiago, é a segunda melhor cidade para se viver na América Latina. Essa foi uma das conclusões da pesquisa difundida em 2009 pelo The Economist Intelligence Unit, que localizou Buenos Aires no primeiro lugar da região.

A pesquisa mediu fatores como infraestrutura, estabilidade, saúde, cultura, segurança, educação e meio ambiente.

Da cidade chilena, os peritos destacaram sua ordem, limpeza, segurança e infraestrutura, bem como aspectos mais gerais, como a institucionalidade que desfruta o país.

A canadense Vancouver obteve, por segundo ano consecutivo, o primeiro lugar no ranking geral. Outras cidades que se destacaram em qualidade de vida foram Viena (na Áustria) e Melbourne (na Austrália). Esta pesquisa considerou uma escala de 0 a 100, na qual um foi “intolerável” e 100 foi “ótimo”.

Do total de 140 cidades avaliadas, Santiago alcançou o 64º posto, tal como aconteceu em 2008, na frente de Bratislava (na Eslováquia), São Petersburgo e Moscou (ambas na Rússia).

img_banner