Transporte público

Para locomover-se pela cidade e em viagens interurbanas, o país dispõe dos serviços de metrô e de ônibus.

jueves, 05 de agosto de 2010  
Transporte Infraestructura Santiago (Photo:TurismoChile)

- Telecomunicações e Internet
- Transporte e infraestrutura

Em Santiago existem cinco linhas de Metro. É uma obra em crescimento que chega a diversos lugares da capital. Seu horário de funcionamento é de segunda-feira a sábado, entre as 05:40 e as 23:00 horas, e nos domingos e feriados entre as 08:00 e 22:30 horas.

O preço da passagem é de $400 mais ou menos, quase US$ 1. A informação sobre estações e o funcionamento do Metro pode ser obtida no seu respectivo site . O serviço está conectado com os ônibus do sistema Transantiago que permite chegar aos bairros onde ainda não existem linhas do metrô.
Com um sistema de pagamento com cartão, podem ser feitas combinações de transporte durante, pelo menos, uma hora sem pagar duas vezes. Ou seja, com o valor de uma passagem, podem ser feitas até três viagens: duas de ônibus e uma no Metro de Santiago. Para descarregar os mapas deste sistema de transportes visite o site web de Transantiago.
Dentro da cidade, para viagens a localidades rurais e bairros de difícil acesso em outros meios de transporte públicos, existem os taxis coletivos, que são carros que podem levar até quatro passageiros.

Também há taxis básicos, carros pretos com teto amarelo, e rádio-taxis, que são pedidos por telefone e possuem tarifas similares às de um táxi comum. As tarifas dos taxis devem estar indicadas no pára-brisa e há que pagar o valor marcado no taxímetro. Não é necessário dar gorjeta.
Na Região de Valparaíso, circula o Merval, um trem que une o porto de Valparaíso a Viña del Mar. É uma obra também em crescimento, incorpora vias e estações subterrâneas. Para subir os morros, Valparaíso tem os seus típicos ascensores tipo funicular.

O Biotren de Concepción percorre a cidade de noroeste a sudeste, dispõe de duas linhas e 23 pontos, em uma extensão de quase 50 quilômetros
Todas as regiões do país têm ônibus urbanos e interurbanos que conectam cada ponto da cidade com as comunas próximas.

img_banner