Destinos Clássicos

Os melhores lugares de Torres del Paine

viernes, 06 de agosto de 2010  
Base Torres del Paine Torres del Paine (Photo:Sernatur)

Imperdíveis de Torres del Paine
Torres del Paine

Base de Las Torres: é um dos pontos mais belos dentro do Parque Nacional. Obrigatoriamente para se chegar lá tem que fazer um trekking saindo da hospedaria Las Torres, onde se pode chegar de carro. O caminho passa pelo acampamento chileno, situado na beira de um rio e coberto de florestas. A última meia hora do caminho os viajantes enfrentam uma subida por uma morena, e por isso as pernas devem estar preparadas. A recompensa pelo esforço está ao chegar a um lago glaciar que é a ante-sala de três estruturas de granito que saem das águas em direção ao céu.
São as Torres del Paine. Se o clima permitir, há que ficar o máximo de tempo possível e observar a beleza da Torre Norte ou Monzino, de 2600 metros; a Torre Central, de 2800 metros, e a Torre Sul ou D’Agostini, de 1850 metros. Por um lado está o maciço rochoso Nido del Cóndor. Há que levar memória extra para a câmara fotográfica, além de baterias. O espetáculo realmente impressiona.

Lago Grey:
é uma das bacias lacustres de maior vigor dentro do Parque. Por estar aos pés do maciço Paine Grande, a maior elevação da zona, outorga um atrativo monumental. Na parte final de Campos de Hielo Sur há um glaciar de 270 quilômetros quadrados que cobre as águas do Grey com blocos de diferentes tamanhos.
É possível se aproximar à zona de carro e a pé. Há um hotel nas proximidades, um embarcadouro para navegar duas vezes por dia até as paredes glaciares, e uma trilha de trekking de uma hora que percorre uma pequena península onde o vento bate e os glaciares se tornam poderosos.

Valle del Francés:  em um trajeto de três horas saindo do acampamento Italiano, situado na mediania da “W”, que se adentra pelos morros do Paine. Após passar, em constante subida, o glaciar Francês e o acampamento Britânico, se chega a um Plateau ou formidável mirador sobre os principais picos de granito da cordilheira.

img_banner