Segundo a pesquisa do The Economist (2009)

Santiago é a segunda melhor cidade para viver na América Latina

O ranking elaborado pela Unidade de Inteligência da revista situou a capital do Chile no 64° lugar entre 140 urbes.

lunes, 09 de agosto de 2010  
 

A capital do Chile, Santiago, é a segunda melhor cidade para viver na América Latina. Essa foi uma das conclusões da pesquisa divulgada em 2009 pelo The Economist Intelligence Unit, sendo Buenos Aires a primeira da região.
O estudo mediu fatores como infraestrutura, estabilidade, saúde, cultura, segurança, educação e meio ambiente.
Da cidade chilena, os especialistas destacaram sua ordem, limpeza, segurança e infraestrutura, bem como aspectos mais gerais, como a institucionalidade que desfruta o país.
A canadense Vancouver obteve por segundo ano consecutivo o primeiro lugar no ranking geral. Outras cidades que se destacaram em qualidade de vida foram Viena (na Áustria) e Melbourne (na Austrália).
A pesquisa considerou uma escala de 0 a 100, na qual 1 foi “intolerável” e 100 foi “ótimo”.
Do total de 140 cidades avaliadas, Santiago foi posicionada em 64º lugar, tal como acontecera em 2008, antes de Bratislava (na Eslováquia), São Petersburgo e Moscou (ambas localizadas na Rússia).

img_banner