Navegação para a laguna San Rafael

Quinze horas de travessia por intricados canais, junto a imponentes icebergs e ventisqueros do parque nacional.

lunes, 09 de agosto de 2010 Categoría: DestinosTop - Parques Nacionais
Laguna San Rafael Laguna San Rafael (Photo:Turismo chile)

Os famosos blocos de gelo da laguna San Rafael podem ser percorridos de várias formas e são uma das grandes atrações da Patagônia. Há muitas formas de se chegar a este Parque Nacional localizado na zona litoral de Aysén, ocupando parte da península de Taitao e também um amplo setor continental na altura do Golfo de Penas.

Pode-se sobrevoar em pequenos teco-tecos, entrar caminhando pela trilha que constituirá a rota que passa pelo vale Exploradores até a laguna, ou navegar de Puerto Montt ou Puerto Chacabuco.

O Parque Nacional Laguna San Rafael é o maior da região e foi declarado zona protegida em 1959. Sua extensão é de 1.742.000 hectares, das quais mais de um quarto é parte de Campo de Hielo Norte. Por esse motivo é Reserva Mundial da Biosfera desde 1979.

A laguna está localizada no extremo sul do canal Moraleda, aos pés do Campos de Hielo Norte, e corresponde a uma pequena entrada de mar de 15 Km x 10 km, repleta de gelos que se desprendem do famoso Glacial San Rafael, principal atração da zona com seus 3.000 anos de existência.

A paisagem que abrange o Parque é de canais, estuários, rios e lagunas, com montanhas de vegetação exuberante, dentre as quais se destaca o Monte San Valentín, o pico mais alto de Los Andes Patagônicos. Nesse lugar são realizadas excursões em zodiac que se aproximam das paredes glaciais. Com sorte é possível ver os enormes desprendimentos da massa gélida e desfrutar de um uísque com gelos milenários.

img_banner