Educação

Se deseja continuar ou ampliar sua formação acadêmica, o Chile é uma vantajosa opção para levar em consideração.

viernes, 10 de septiembre de 2010  

Otros idiomas

O espanhol, a economia e a literatura hispano-americana são os motivos acadêmicos de muitos estudantes estrangeiros que querem estudar no Chile.

Além da história política e social no apaixonante contexto latino-americano. E todos os temas científicos sugeridos por sua diversidade geográfica e cultural, desde a brancura antártida até os céus mais limpos no deserto.

Ao atrativo intelectual e acadêmico se somam as possibilidades de espairecimento, turismo aventura, esportes e vida cultural totalmente compatíveis com a vida estudantil. Por isso são muito frequentes os intercâmbios acadêmicos, pós-graduações ou outro tipo de estudos criando, assim, uma comunidade estudantil de pares.

Esta cifra aumenta todos os anos e os alunos estrangeiros vêm de países muito diferentes. Cidades como Santiago, Valparaíso, Concepción e Valdivia, entre outras, oferecem um amplo leque de universidades de boa qualidade. A Universidade Católica de Chile e a Universidade de Chile são reconhecidas na região por seu prestígio e sua excelência acadêmica e estão entre as 300 melhores do mundo segundo alguns rankings de estabelecimentos de educação superior (THE - QS World University Rankings - 2008).

Junto à educação superior universitária, o sistema chileno contempla Centros de Formação Técnica e Institutos Profissionais, com sistemas de bolsas de estudo e créditos universitários do Estado. Sobre o tema, visite a página oficial do Ministério de Educação , além da seção Estudar no Chile.