Cinema na costa chilena

Festival de cinema de Viña del Mar exibirá 80 novas produções

O Festival Internacional de Cinema, que reúne realizadores de todo o mundo em espanhol e em português, apresentará curtametragens, filmes e documentários durante cinco dias para uma audiência prevista de 35.000 pessoas.

lunes, 15 de noviembre de 2010  
La noche en Viña del Mar. La noche en Viña del Mar.

Fundado em 1967 como o primeiro festival dedicado ao cinema latino-americano, o Festival Internacional de Cinema de Viña del Mar (FIC Viña), apresentará sua 22ª versão a partir desta segunda-feira dia 15 até o domingo dia 20 de novembro.

No transcorrer da semana serão exibidos 80 longametragens, curtas e documentários de 12 diferentes países para um público total previsto de aproximadamente 35.000 pessoas.

Ao reunir cineastas do mundo Ibero-americano, o Festival tem como objetivo criar um espaço de diálogo acerca do presente e do futuro do cinema no mundo de fala espanhola e portuguesa.

Devido ao grande número da população estudantil em Viña del Mar e em Valparaíso, o Festival também serve como uma oportunidade educativa para os jovens cineastas e para os aspirantes.

Os filmes estarão competindo em uma das cinco categorias: Filmes internacionais, Curtametragens, Documentários, e Curtametragens e Documentários chilenos. Os filmes de Colômbia, Venezuela, Espanha, Brasil, Argentina, Nicarágua, Costa Rica, Cuba, México e Peru competirão nas categorias internacionais, já os 40 filmes chilenos vão concorrer nas duas categorias nacionais.

O evento começou como o primeiro festival de cinema do mundo dedicado principalmente aos filmes ibero-americanos, e até hoje continua sendo um dos principais concursos deste tipo no mundo.

A sua forma atual nasceu a partir do Festival Internacional de Cinema Amador, que foi realizado em Viña del Mar desde 1963 até 1967, e teve um alcance muito mais amplo após o Primeiro Festival de Cinema Novo Latino-americano, com um enfoque regional específico. Depois de seus dois eventos originais, em 1967 e 1969, o Festival ficou suspenso durante vinte anos, recomeçando em 1990 e sendo apresentado anualmente a partir desse momento.

Nas versões anteriores foram incluídos filmes em outros idiomas, com países como Bélgica e França. Neste ano, no entanto, a atividade contará com filmes exclusivamente em espanhol e em português - em homenagem às comemorações do bicentenário que foram realizadas neste ano em vários países de latino-américa.

Com o objetivo de fomentar o diálogo entre os cineastas contemporâneos, e pondo as suas obras à disposição dos futuros, o Festival de Cinema de Viña del Mar contribui anualmente a uma crescente cultura cinematográfica cada vez mais rica no Chile e em toda a América do Sul e Central.

Para mais informação, visite: www.cinevina.cl

img_banner