Filmes de 30 países

Santiago comemora o festival internacional de cinema com 100 filmes

A sétima edição na capital do Chile terá como convidados Willem Dafoe, Santiago Segura, Angie Cepeda e o cineasta israelense Amos Gitai.

viernes, 12 de agosto de 2011  

A sétima versão do Santiago Festival Internacional de Cinema (Sanfic) contará com a exibição de 100 filmes de mais de 30 países e a presença estelar do ator norte-americano Willem Dafoe.

Esta mostra, que será realizada entre os dias 19 e 27 de agosto na capital do Chile, anuncia também a visita de Santiago Segura, Angie Cepeda e do cineasta israelense Amos Gitai, o qual será homenageado com uma retrospectiva de sete títulos.

A agenda do Sanfic 7 anuncia três categorias: Internacional, Cinema Chileno e de Talento Nacional, além de contar com o apoio de filmes nacionais em etapa de desenvolvimento, já filmados e a espera da pós-produção de imagem e som, através do Work In Progress.

A avaliação e a premiação serão definidos por um júri integrado por importantes especialistas estrangeiros e nacionais, como a sênior programmer do Sundance, Shari Frilot; a atriz francesa de cinema e teatro Dominique Sanda e o diretor do programa de cinema da Sociedade Cinematográfica do Lincoln Center e do festival de Nova York, Richard Peña.

Junto com continuar colaborando com algumas das sedes onde já esteve anteriormente, como o Cine Hoyts La Reina e do Parque Arauco e Lastarria 90, este ano se incorporaram três novas sedes: o Cinema BF Huérfanos, o Centro Gabriela Mistral (GAM) e o Museu Nacional de Bellas Artes.

Exatamente neste último lugar se realizará a mostra Silencio para 5 + En la pampa, que ocupará todo o hall do centenário edifício a partir desta quarta-feira dia 10 e permanecerá aberta durante um mês, até o dia 10 de setembro.

A iniciativa se desenvolverá no marco da seção que, desde a sua criação há cinco anos, se transformou em um dos espaços mais comentados e valiosos do festival: o Shoot the Shooter: Cinema e vídeo arte. Durante todos esses anos, este espaço tem permitido ao nosso público apreciar os nexos entre os diferentes estilos audiovisuais, através dos trabalhos de criadores como Juan Downey, Jem Cohen, Andy Warhol e Alfredo Jaar, entre outros.

A competição Internacional incluirá um título local, neste caso, La espera, de Francisca Fuenzalida, filme que no ano passado esteve no Work In Progress. Por outro lado, a competição do Cinema Chileno incluirá 10 títulos, entre trabalhos de documentários e de ficção, uma valiosa mostra panorâmica das possibilidades expressivas e artísticas do meio nacional, que vão desde narrativas íntimas até o peso na história de figuras históricas como Augusto Pinochet e Gabriela Mistral.

img_banner