Jornal El Mundo

Classificam o Chile como o "paraíso" do esqui na América Latina

Imprensa espanhola elogiou "espetaculares" instalações, entre as quais se destaca o maior centro privado de heliski do mundo.

viernes, 09 de septiembre de 2011  

O jornal espanhol El Mundo considerou o Chile como “o paraíso branco de Latino-américa”. Em uma recente reportagem destacou os "espetaculares" complexos turísticos divididos entre Santiago e a cidade austral de Punta Arenas, que podem ser visitados entre junho e outubro.

“As intensas nevadas caídas durante os últimos meses estão permitindo que esta temporada seja uma das melhores que se tem notícia. O Chile é o país da América Latina melhor preparado para praticar esportes de inverno (…) Pode-se esquiar, fazer snowboard, heliski e helisurf”, detalhou.

Nesta versão mostra que as pistas apresentam em média mais de meio metro de neve aplanada e o frio, que durante as noites alcança os 14 graus centígrados abaixo de zero (6,8 graus Fahrenheit), contribui para que se conserve a sua qualidade, mantendo-a fresca e evitando que se congele.

El Mundo também menciona que “os principais centros de esqui se localizam na cordilheira central dos Andes, a poucos quilômetros de Santiago. As pistas de neve estão encravadas no meio de belíssimas paisagens, entre os 2.700 metros até os quase 4 mil metros acima do nível do mar”.

E, apesar de Valle Nevado, La Parva, El Colorado, Farellones e Portillo gozarem de maior renome, uma das grandes novidades da temporada 2011 está constituída pelo projeto imobiliário Puma Lodge, que representa o maior centro privado de heliski do mundo e o pioneiro da América do Sul.

Localizado a 1.325 metros de altura e a pouco mais de 100 quilômetros da capital, este centro de férias conta com 4.600 quilômetros quadrados construídos e ao seu redor é possível encontrar geleiras e lagoas, flora e fauna autóctonas, além do antigo acampamento mineiro de Sewell, declarado patrimônio da humanidade pela Unesco.

“No verão, de novembro a maio, também funcionará oferecendo serviços de spa, heli-hiking (visita a geleiras), heli-fishing, fly fishing, pesca de trutas em lagoas virgens, programas de trekking e mountain bike, além de circuitos para caminhadas”, acrescentou El Mundo.

Além disso, Puma Lodge é também um dos primeiros hotéis do continente que neutraliza sua marca de carbono, graças aos sistemas de reciclagem de resíduos, turbinas eólicas para a geração de energia e dispositivos de isolamento de calor, entre outras medidas de conservação ambiental.

No final de outubro, a temporada de neve no Chile terá outra grande atração que será a primeira descida em estilo livre em um vulcão ativo, o Villarrica, em cujos pés se encontra a turística cidade de Pucón. Quarenta participantes descerão 1.500 metros de desnível em aproximadamente cinco quilômetros de percurso na competição Avalanche no vulcão.

“Latino-américa se reúne cada vez mais nos espetaculares centros de esqui chilenos, de grande qualidade, apesar de bastantes seletivos devido a seus preços elevados. Em setembro, as pistas normalmente estão lotadas de esquiadores profissionais europeus e norte-americanos que chegam para treinar para a pré-temporada. Não é difícil se encontrar com algum campeão olímpico treinando em solo chileno”, finalizou.

img_banner