La Sebastiana

Valparaíso comemora 50 anos da casa-museu do poeta Pablo Neruda

Encravada no cerro Florida, o aniversário coincidirá com as comemorações pátrias do Chile no próximo dia 18 de setembro.

lunes, 12 de septiembre de 2011 Categoría: Museus

Com um show do grupo Los Jaivas na praça Sotomayor e sua declaração como patrimônio intangível da cidade, Valparaíso comemorará durante o mês de setembro de 2011 os 50 anos de história de La Sebastiana, uma das três casas-museu do Prêmio Nobel de Literatura Pablo Neruda.

Localizada no cerro Florida, este imóvel ainda é um ponto de encontro e de fomento das novas gerações de escritores e poetas. E na sua qualidade de ponto de interesse turístico da cidade, também terá uma exposição temática comemorativa à sua inauguração, realizada no dia 18 de setembro de 1961, o dia das Festas Pátrias do Chile.

A programação de atividades contará com peças infantis no Teatro-Museo del Títere y el Payaso (Teatro-Museu do Fantoche e do Palhaço), mesas redondas sobre a herança do poeta em Valparaíso e a sua influência atual, além de oficinas e recitais de poesia e música, todas essas serão gratuitas, segundo informou a Fundação Pablo Neruda.

Caracterizada pela sua privilegiada vista aos morros vizinhos e à baía graças aos seus quatro andares e um sótão, La Sebastiana surpreende com suas escadas estreitas e um sem-fim de objetos que vão desde um retrato do marinheiro britânico Thomas Cochrane até mapas, passando por pássaros embalsamados e claraboias de navios.

O legado de Neruda –falecido em 1973 produto de um câncer da próstata - também está disponível no bairro Bellavista de Santiago, onde anualmente milhares de pessoas visitam a sua casa La Chascona, e no balneário de Isla Negra, a pouco mais de uma hora da capital.