Cidade chilena se abre aos estrangeiros

La Serena busca lugar entre destinos turísticos internacionais

Especialista francês trabalha em um programa para reforçar sua qualidade de vida e assim poder tornar-se também em uma alternativa habitacional.

viernes, 28 de octubre de 2011 Categoría: Turismo
La Serena busca instalarse como destino turístico internacional La Serena apuesta a sumar con la vecina Coquimbo medio millón de habitantes para 2020.

Vizinha ao magnético vale do Elqui, cuja oferta vai do pisco a potentes observatórios astronômicos, passando pelo legado de Gabriela Mistral, a cidade chilena de La Serena é conhecida como destino de férias, especialmente durante o verão austral.

E apesar de suas bondades já terem sido comprovadas tanto por próprios quanto alheios, a urbe localizada na frente do Pacífico, a pouco menos de 500 quilômetros ao norte de Santiago quer elevar seu padrão de vida e situar-se nos grandes círculos do turismo internacional.

O desafio começará com o geógrafo e urbanista francês Georges Bonan, que buscará fórmulas para esta cidade de 160 mil habitantes que a cada temporada estival recebe 200 mil pessoas e que já começou a implantar ciclovias, edifícios com selo verde e atividades culturais, entre outras ações.

“Definimos para onde queremos ir e como (...), buscamos uma cidade patrimonial e turística e que as pessoas que venham ao Chile de Paris ou Nova York não tenham somente a Patagônia, Valparaíso ou o deserto (de Atacama) como possibilidade”, afirmou o especialista ao jornal El Mercurio.

O plano deste especialista galês prevê 120 ações, das quais 90 apontam a melhoras na zona típica de La Serena, com o objetivo de recuperar edifícios e casas patrimoniais, manter monumentos históricos e reabilitar setores descuidados, segundo acrescentou à publicação.

Também se avançará em dar mais vitalidade à cidade, transformando algumas ruas em calçadões, modificando os percursos da locomoção coletiva, escondendo os fios elétricos e de serviços, melhorando a limpeza e potencializando o comércio tradicional no centro da cidade.

Junto a esses melhoramentos estará a organização de atividades artísticas ao ar livre nos novos parques em desenvolvimento e o novo teatro regional, bem como o uso mais eficiente da energia.

De acordo a El Mercurio, o objetivo da Municipalidade de La Serena é também que estrangeiros se radiquem ali, se somando às 5 mil pessoas que chegam anualmente para morar nesta bela cidade.

Imagens: cortesia Turismo Chile

img_banner