Distinguem educação pré-escolar chilena como a melhor da América

No relatório elaborado por Economist Intelligence Unit, o sistema se destacou por sua cobertura e acesso.

jueves, 19 de julio de 2012  
Distinguen educación preescolar chilena como la mejor de América

O sistema educacional pré-escolar chileno foi destacado como o melhor da América em um recente relatório de Economist Intelligence Unit (EIU), que avaliou 45 países.

O Chile apareceu no 20° lugar absoluto e no primeiro de toda a América, na frente dos Estados Unidos (24°),  Canadá (26°), México (32°), Argentina (34°) e Brasil (39°).

A variável mais destacada para o país austral foi a da cobertura, com o 14° posto, pois ao redor de 85% das crianças de quatro anos e 90% dos pequenos de cinco frequentam as salas de aulas.

O documento também elogiou os “esforços” das autoridades para garantir o acesso à educação, item no qual o Chile figurou no 17° lugar geral, e detalhou que o número de estabelecimentos aumentou de 781 a 4.300 entre 2006 e 2009.

O aspecto mais fraco do sistema chileno foi a sua qualidade, com a 29° localização global, fato atribuído à falta de padrões e regulações, bem como às carências na formação docente.

De qualquer maneira, destacou o Chile como um país de baixos ingressos que “supera habilmente” os seus pares, nações com rendas per capita similares e que só recentemente estão se localizando no último terço do ranking.

O relatório intitulado “Começar bem. Avaliação comparativa da educação pré-escolar no mundo” teve como líderes a Finlândia, Suécia, Noruega, Reino Unido, Bélgica, Dinamarca, França, Países Baixos, Nova Zelândia e Coreia do Sul.

Outros países industrializados que apareceram na lista foram Alemanha (11°), Itália (16°), Hong Kong (RPC) (19°), Japão (21°), Austrália (28°), Rússia (33°) e China (42°).

Para ver o relatório completo, visite o seguinte vínculo externo