Dakar com chegada no Chile esgota suas vagas para motos e quadriciclos

O Atacama, o Pacífico e os Andes serão os protagonistas da edição 2013 do rali, que passará pelo Peru e pela Argentina.

jueves, 26 de julio de 2012  
Dakar con meta en Chile agota sus cupos para motos y cuadriciclos

O rali Dakar 2013 teve uma bem-sucedida convocatória, da mesma forma como ocorreu na última versão, e será realizado no próximo ano passando pelo Peru, pela Argentina e pelo Chile. Este último receberá a chegada pela primeira vez em suas cinco edições sul-americanas.


A três meses da abertura das inscrições, 305 pilotos de motocicletas e quadriciclos concorreram a 220 vagas e, portanto, a organização da prova deverá selecionar por capacidades esportivas e técnicas.


Coloca-se um limite de participantes para poder garantir a segurança e o conforto dos competidores, bem como um domínio otimizado do formato da corrida, explicaram da Amaury Sport Organisation (ASO).


“Muito mais além dos primeiros pilotos da corrida, os quais são profissionais, desde o começo o Dakar foi criado para os amadores que são apaixonados pelos grandes espaços e pela aventura”, acrescentou o diretor esportivo da corrida, David Castera.


“No entanto, para eles é imprescindível estarem informados e preparados para este desafio da melhor maneira possível, pois continua sendo o mais difícil do mundo”, acrescentou.


Assim como no último verão austral a competição teve representantes de 51 nacionalidades, em motocicletas e quadriciclos,nesta ocasião poderiam largar esportistas de 10 países da América Latina para unirem-se à programação majoritariamente composta por pilotos de França, Itália, Espanha, Países Baixos e Reino Unido.


Com o deserto do Atacama, o oceano Pacífico e a cordilheira dos Andes como pano de fundo, Arica, Calama, Copiapó, La Serena e Santiago serão as cidades que o Dakar 2013 visitará no Chile. Esta prova será realizada entre os dias 5 e 20 de janeiro.


Imagem: cortesia Maindru / ASO


img_banner