Novas linhas do Metrô reforçarão a conectividade de Santiago

Extensão da linha do metrô o converterá no segundo maior da América Latina, logo atrás da Cidade do México.

martes, 16 de octubre de 2012  
Nuevas líneas del Metro reforzarán la conectividad de Santiago

Trinta e sete quilômetros de extensão, 28 novas estações e a redução de até 50% nos tempos de viagem é o que promete a última ampliação do Metrô de Santiago. Tudo isso a partir de 2016.

As obras demandarão um investimento de US$ 2,8 bilhões e consideram a construção de duas linhas que saem do leste da cidade em direção ao norte e ao oeste, capazes de realizar 120 milhões de viagens anualmente.

Um de seus marcos históricos será a estação Estádio Nacional, que com mais de 5 mil metros quadrados será construído adjacente ao recinto esportivo declarado monumento nacional, cenário da final da Copa do Mundo de 1962 e habitual casa da seleção chilena de futebol.

Entre outras inovações, as novas linhas contarão com portas nos andares e eliminarão a eletrificação de suas vias, além de incorporar modernos sistemas de climatização e de circuitos fechados de televisão.

Com esta extensão de sua rede, o Metrô de Santiago completará 136 estações e 140 quilômetros, e será capaz de transportar 700 milhões de passageiros por ano, com o qual se converterá no segundo maior da América Latina, atrás de seu similar da Cidade do México.

O sistema de trânsito rápido ferroviário urbano da capital chilena foi distinguido como o melhor de toda a América nos Metro Awards 2012, eleição na qual se impôs aos seus pares de Dallas, Pensilvânia, Montreal, Rio de Janeiro e São Paulo.

Imagens: Metrô de Santiago

img_banner