Chile lidera os países emergentes no ranking de turismo de aventura

Medição global reconheceu aspectos como a estabilidade da economia e a oferta de programas.

martes, 11 de diciembre de 2012 Categoría: Turismo - Referências Mundiais
Chile lidera a países emergentes en ranking de turismo aventura

O Chile conseguiu um inédito primeiro lugar entre 163 países emergentes  no Índice de Desenvolvimento do Turismo de Aventura 2011, que foi elaborado por quatro anos consecutivos pela Universidade George Washington, pela Associação Internacional de Turismo de Aventura (ATTA) e pela Vital Wave Consulting.

Baseada em pesquisas com especialistas e indicadores internacionais, a medição reconheceu a estabilidade da economia chilena, a oferta de programas ao ar livre e o compromisso de suas autoridades, o que “indica uma compreensão do valor no longo prazo que possui uma boa administração desta atividade”.

Da mesma forma, o Índice de Desenvolvimento do Turismo de Aventura destacou que o Chile levou vantagens em Recursos naturais e Imagem - duas das suas 10 variáveis – sobre a Suíça, que encabeçou o grupo de 28 nações desenvolvidas submetidas a esta avaliação.

“Seus 6.435 quilômetros (sic) de litoral proporcionam ao Chile uma potente vantagem no item Recursos naturais frente à mediterrânea Suíça”, concretizou o relatório, enquanto que a superioridade no requisito Imagem foi dada pela percepção dos especialistas com respeito aos países como destinos do turismo de aventura.

República Tcheca, Eslováquia, Israel, Estônia, Bulgária, Eslovênia, Polônia, Coreia do Sul e Hungria precederam o Chile na lista dos emergentes, que ganhou dois lugares a respeito do ranking passado e cinco em comparação ao anterior.

Depois da Suíça, que conservou o seu privilegiado lugar com respeito ao de 2010, apareceram Nova Zelândia, Canadá, Alemanha, Islândia, Noruega, Finlândia, Áustria, Suécia e Japão no cume dos países desenvolvidos.

Para ver o relatório completo, visite o seguinte vínculo externo


img_banner