Universidades chilenas se comprometem com a sustentabilidade

Acordo implica controle da pegada de carbono e do consumo de água e de energia, entre outras medidas.

jueves, 20 de diciembre de 2012  
Universidades chilenas se comprometen con la sustentabilidad

Ao assinar um acordo com o Consejo Nacional de Producción Limpia (CPL), instituição dependente do Ministério da Economia, vinte e duas universidades do Chile assumiram um compromisso para promover a sustentabilidade como eixo estratégico no seu desenvolvimento.


Esta iniciativa permitirá transferir conhecimentos em sustentabilidade aos futuros profissionais; redução do consumo de água e energia; medição da pegada de carbono corporativa e, além disso, de manejo integral de resíduos sólidos.


As instituições que assinaram o acordo também colocarão em prática sistemas de minimização, classificação em origem e reciclagem de resíduos sólidos, além de quantificar e caracterizar os resíduos líquidos.


Para o ministro (S) do Meio Ambiente, Ricardo Irarrázabal, “as instituições de educação superior são as que são as chamadas para promover a compatibilidade entre crescimento, cuidado meio-ambiental e equidade social”.


O reitor da Universidade de Chile, Víctor Pérez, insistiu bastante em que, independente das diferenças naturais de cada disciplina, “é importante que exista um substrato de formação geral em todos os futuros profissionais do Chile e que este deve incorporar a sustentabilidade".


A respeito disso, o diretor executivo do CPL, Jorge Alé, acrescentou que "a mudança cultural que promovemos consiste em educar em virtudes essenciais para a sustentabilidade como a austeridade, a ordem, a moderação e a autodisciplina para que na nossa vida quotidiana nos responsabilizemos conosco mesmos, com os demais e com o meio ambiente.


As universidades comprometidas são: Católica do Norte, de Antofagasta, de Viña del Mar, de Playa Ancha, Católica de Valparaíso, Iberoamericana de Ciências e Tecnologia, Metropolitana de Ciências da Educação, Andrés Bello, Santo Tomás, Tecnológica Metropolitana, Tecnológica de Chile, de Santiago de Chile, de Chile, Federico Santa María, de Los Andes, Católica de Chile, de Talca, do BíoBío, de La Frontera, Católica de Temuco, de los Lagos e de Magallanes.