O Chile na mesa:

Bebidas e comidas típicas

 De longe, comer é uma das melhores coisas que pode ser feito neste longo, divertido e apetitoso país.

viernes, 23 de julio de 2010  
comida marina

A gastronomia do país é variada pelas suas carnes, frutas, verduras, peixes e frutos do mar. Para os chilenos é costume comer fora de casa, em grupos de amigos ou em casais. A comida costuma ser sinônimo de patache, de panela na mesa, de abundância, de vinho em garrafão, quase tanto como a mesa na qual sempre terá espaço para mais uma cadeira.

Alguns pratos imperdíveis


Cazuela: concentra o espírito da nação. É um caldo de carne com legumes da estação, como batatas, abóbora e vagem. É simples, mas essa é o seu encanto.

Pastel de choclo:
receita da época do verão que resume a tradição andina do país. O pastel de choclo reúne milho ralado e pino (carne moída com bastante cebola frita). Enquanto viaja pelo sul e pelo norte, pode provar e provar.

Empanada:
é uma das comidas mais tradicionais do Chile. É uma massa de farinha de trigo cortada em unidades circulares e recheada principalmente de pino, ovos, azeitonas e passas. Também há empanadas de queijo e de frutos do mar. Ainda que possam ser feitas e consumidas em qualquer momento do ano, seu momento estelar é durante as festas pátrias em setembro.

Humitas: milho ralado, ervas aromáticas, um pouco de leite e pronto: à panela. Se a mão da cozinheira for boa, pode comer humitas o ano inteiro. É muito parecido com pamonha.

Feijão: Não pode faltar no inverno e nem no verão, em qualquer mesa que se preze. No inverno contém pimenta, às vezes, macarrão e mazamorra, e quase sempre uma linguiça saborosa. No verão se chamam de granados e são preparados com feijão novo e legumes ao ponto.

Asado: o churrasco chileno é uma cerimônia gastronômica que começa com o ritual de acender o carvão. Logo todos querem ser cozinheiros e encarregar-se dele. O churrasco chileno é sempre um milagre com carne de frango, pedaços de porco e de boi muito bem cozidos.

Comida marinha

A gastronomia chilena se destaca por seus produtos do mar. Existe uma grande variedade e muitas formas de prepará-los. O orgulho nacional é o congro frito com guarnição; a paila marina, ou cozimento que adiciona todo tipo de frutos do mar, os locos com maionese, um delicioso bivalve que só existe no Chile, e o pastel de jaibas, um tipo de torta salgada de farinha e carne de siri. E tem mais: corvina na chapa, machas à parmegiana, curanto ou cozimento feito na terra ou panela de peixes e frutos do mar. É necessário tempo, paciência e apetite para provar de tudo.
No momento da sobremesa se recomenda as frutas exóticas como a papaya, a chirimoya ou manga. Há que provar as sobremesas da pastelaria chilena. Não se esqueça de pedir um chilenito, suaves biscoitos assados feitos de farinha com recheio de doce de leite.

Drinques

Pisco: a bebida tradicional do Chile, uma aguardente de uva de 35° a 40° de álcool. Geralmente se consome com Coca Cola, e aí recebe o nome de piscola. Na hora do  aperitivo é indispensável começar com um pisco sour, um coquetel de pisco com suco de limão, ovo e açúcar.

Chicha: esta é a bebida para as festas tradicionais de setembro, é um suco de uva fresco, ligeiramente cozido e pouco fermentado chamado chicha.

Vinhos: o que mais dizer da fama e qualidade dos vinhos chilenos? Se você está no país, terá a oportunidade de comprovar tudo o que escutou e leu.

img_banner