Igrejas de Santiago, devoção católica

Herança da Colônia; arquitetura, museus e tranquilidade no meio da grande cidade. Para conhecer e admirar.

jueves, 29 de julio de 2010 Categoría: Museus
Catedral de Santiago Catedral de Santiago (Photo:Turismo Chile)

Catedral de Santiago

Monumento Nacional localizado a um lado da Praça de Armas. Sua construção foi iniciada pelo mestre Antonio Acuña em 1748. Guarda os restos de santos desconhecidos como São Venturini e São Celfi, além dos de São Macrino Mártir, cujos restos são conservados sob uma grande figura de gesso. Mas o maior tesouro é a falange de um dos dedos de sor Teresa de Los Andes, a santa mais popular na história do Chile.

Paróquia do Santíssimo Sacramento

 A Congregação dos Sacramentinos, fundada na França em 1856, tem sua Paróquia em Santiago, que foi construída no começo do século XX e é uma cópia exata do Sacre Coeur de Montmartre. Segundo dizem os sacramentinos, a grande atração desta igreja é que, debaixo da terra, existe uma cópia idêntica da nave central. Ou seja, seriam duas igrejas em uma.

Igreja da Recoleta Franciscana

Nesta pequena igreja, talvez a mais tradicional de Santiago e Monumento Nacional desde 1973, guarda-se uma singular tradição e raridade. Uma vez por semana se realiza uma missa em homenagem a frei Andresito, Andrés García Costa. Trata-se de um irmão da ordem dos franciscanos que ao morrer deixou um pouco de sangue e, um século depois, ainda não se solidifica. Um mistério que não tem explicação científica. Atualmente, a vida e parte do plasma de Andrés García Acosta se estuda no Vaticano para ser proclamado santo.

img_banner